quinta-feira, 30 de junho de 2011

Ensinando Valores Através das Regras

Ensinando Valores no Cotidiano Escolar
Prof. Frank V. Carvalho (MD. Educação e Dr. Ética e Filosofia Política)

“Regras ensinadas por coação externa permanecerão externas no espírito da criança. Regras fruto de um mútuo respeito e cooperação tornarão raízes dentro da mente das crianças”.
Jean Piaget, The Moral Judgement of the Child, (New York: The Free Press, 1965), p. 362

“A disciplina não é um simples dispositivo para manter uma paz superficial na sala de aula; é a moralidade da sala de aula como uma pequena sociedade”.
Émile Durkheim, Moral Education (New York: The Free Press, 1973), p. 148

Com esses dois pensamentos dou início a um dos temas mais abordados na educação contemporânea: a possibilidade de se ensinar valores através das regras. Nessa abordagem estarei dando exemplos práticos. Um exemplo relativo à 8ª série (9º ano) e outro voltado ao Ensino Médio. Vamos a eles:

I – A profª Judite juntamente com os alunos elegeram e votaram estas regras, que foram chamadas de “Regras de Comportamento em Sala de Aula”

Profª Judite Soares Reis (Disciplina: Geografia, Série: 8ª Turma: A Turno: Matutino)

“Regras de Comportamento em Sala de Aula”

1. Silêncio:
a) Alunos – Professor(a): Os alunos permanecerão em silêncio enquanto o professor estiver falando.
b) Alunos – Alunos: Quando um(a) colega estiver dando a sua colaboração, os demais manterão o silêncio.
(Valores: Respeito, Autocontrole, Disciplina própria, Democracia, Paciência).

2. Ordem/Participação:a) Alunos – Professor(a): Para dar a sua participação (opinião, resposta, etc.) o aluno pedirá a vez (levantando a mão).
b) Alunos – Alunos: A participação será de um(a) colega por vez.
c) Classe: Todos manterão as carteiras organizadas e se apresentarão de acordo com a indicação do professor(a).
(Valores: Organização, Cortesia, Ordem, Harmonia, Democracia, Perfeição).

3. Higiene e Limpeza:
a) Durante a aula ninguém deverá lanchar dentro da sala.
b) Todo o lixo no lixo
(Valores: Asseio, Pessoal, Cooperação, Ordem, Solidariedade).

4. Locomoção:a) Para entrar/sair da sala os alunos deverão pedir a autorização do professor.
b) Durante a aula os alunos não correrão pela sala.
(Valores: Organização, Respeito, Calma, Serenidade).

5. Relacionamento:
a) Não serão usados palavrões ou ofensas pessoais no ambiente de ensino e aprendizagem.
b) Haverá respeito mútuo no ambiente da sala de aula.
(Valores: Respeito, Amor, Cortesia, Alegria, Sensibilidade, Generosidade, Solidariedade).

6. Tarefas Escolares:a) Cada aluno manterá em dias as suas atividades, exercícios e tarefas.
b) Cada um fará a sua parte, sem copiar do colega.
(Valores: Responsabilidade, Perseverança, Integridade, Honestidade, Pontualidade, Sinceridade, Trabalho).

7. Hierarquia:
a) As reclamações serão feitas sempre primeiramente ao professor e de preferência pelo aluno representante da turma.
(Valores: Ordem, humildade, Respeito).

Conseqüências do não cumprimento das regras:1ª vez – O aluno deverá explicar para o professor a razão de não cumprir a regra e buscar corrigir o erro (se por uma ofensa, deverá pedir desculpas ao ofendido).
2ª vez – Explicar ao professor a razão da repetição e continuidade. Corrigir o erro. Escrever um compromisso.
3ª vez – O aluno será encaminhado à coordenação disciplinar.

Um segundo exemplo:


II – O Profº. Alberto (Física – 2º Ano Colegial) combinou poucas regras com sua turma, mas eles são firmes em seu cumprimento:

Regras de Sala de Aula
1. Esteja a tempo preparado e pronto para as atividades no começo de aula.
(Pontualidade, Responsabilidade, Perseverança)
2. Por favor, levante a sua mão quando quiser falar e espere calado a sua vez.
(Ordem, Autocontrole, Paciência)

3. Por favor, mantenha a ordem da sala e a sala em ordem (carteira, objetos pessoais, limpeza) de tal forma que você possa ouvir as batidas do seu coração e a voz da sua consciência.
(Ordem, Respeito, Paciência)

4. Por favor, trate os outros como você gostaria de ser tratado.
(Respeito, Tolerância,Solidariedade, Empatia)

Quebra das Regras – Conseqüências:Conversar com o professor após o término da aula.

Reflexão

São exemplos práticos extraídos de experiências reais, que de fato funcionam. No caso da profª Judite foram estabelecidas 13 regras (se observarmos como itens isolados). E no caso do prof. Alberto, quatro. Será que é possível aplicar isso em outras classes, em outros contextos?

Fonte: CARVALHO, Frank. Pedagogia da Cooperação, UNASPRESS, 2003.

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...