sexta-feira, 3 de abril de 2009

Seis leis de Murphy


Não sou pessimista, e talvez por isso ri demais ao ver essas leis de Murhpy:


1. Se alguma coisa pode dar errado, dará.

Corolário 1
Dará errado da pior maneira, no pior momento e de modo que cause o maior dano possível.

Corolário 2
Se há possibilidade de várias coisas darem errado, todas darão - ou a que causar mais prejuízo.

Corolário 3
Se você perceber que uma coisa pode dar errada de quatro maneiras e conseguir driblá-las, uma quinta surgirá do nada.

2. Nada é tão fácil quanto parece, nem tão difícil quanto a explicação do manual.

Corolário 1
Tudo leva mais tempo do que todo o tempo que você tem disponível.

3. Se você tem alguma coisa há muito tempo, pode jogar fora. Se você jogar fora alguma coisa que tem há muito tempo, vai precisar dela logo, logo.

Corolário
Você sempre encontra aquilo que não está procurando.

4. Quando te ligam: a) se você tem caneta, não tem papel. b) se tem papel não tem caneta. c) se tem ambos, ninguém te liga.

5. Toda a idéia revolucionária provoca três estágios: 1º. é impossível - não perca meu tempo. 2º. é possível, mas não vale o esforço 3º. eu sempre disse que era uma boa idéia.

6. Quando se tem muitos filhos, o único que ronca é o que quer dormir com você.

Corolário 1
Não se dorme até que os filhos façam cinco anos.

Corolário2
Não se dorme depois que eles fazem quinze.
Fonte da Imagem: www.br.geocities.com

2 comentários:

Cleiton Heredia disse...

Acredito que os mágicos são aqueles que convivem mais de perto com a realidade desta primeira lei de Murphy (com todos os seus corolários possíveis) e sofrem as suas consequências funestas.

Por outro lado, isto faz com que eles acabem entendendo bem o seu mecanismo de forma a driblá-la amenizando seus efeitos ou revertendo-a completamente a seu favor.

Qual é o segredo? Simples, muito sangue frio e muita cara de pau!

CONVICTOS OU ALIENADOS? disse...

Às vezes eu sinto vontade de crer nessas leis...

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...