sexta-feira, 6 de dezembro de 2013

Grande Nelson Mandela

"Quando eu saí em direção ao portão que me levaria à liberdade, eu sabia que se não deixasse meu ódio e minha amargura para trás, eu ainda estaria na prisão." N. Mandela

A humanidade ficou mais pobre, não há nenhuma dúvida. Um ser humano como Nelson Mandela ficará para sempre entre os grandes da humanidade. Sua postura, sua determinação, seu amadurecimento em meio à forte tribulação e sofrimento serão sempre objeto de análises, mas nunca de conclusões. Como ele conseguiu se libertar do ódio, do rancor e do ressentimento e colocar-se como um líder moral em um país dividido pelo preconceito e pelo desejo de vingança, é um desafio reflexivo aos defensores da ‘lei do mais forte’ e aos ‘religiosos’ que discriminam os ‘infiéis’. 

Mandela sabia fazer concessões porque olhava adiante – seus correligionários viam fraqueza em suas concessões, mas ele dava um passo atrás para em seguida dar dois adiante. Recusou um segundo mandato presidencial, quando todos sabiam que ele seria reeleito. Não via no poder a chance da revanche e de manipulação, mas a de servir e de conciliar. Seu exemplo foi sua força. Quando perguntaram a ele em 2007: “Como você, após sofrer uma tamanha injustiça e tormentos bárbaros, manteve o ódio sob controle?” Calmamente ele respondeu: “- O ódio nubla e escurece a mente.” 

Não é preciso dizer mais nada. 

Nelson Mandela não está mais entre nós, mas seu exemplo viverá para sempre. Frank V. Carvalho

Um comentário:

maemili disse...

Essa frase transmite a grandeza da alma de Nelson Mandela.
Um belo exemplo de um grande homem.
Maria Emilia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...