quarta-feira, 19 de setembro de 2012

Parque Nacional do Itatiaia


Localizado ao sul do Rio de Janeiro, na divisa com Minas Gerais, o Parque Nacional do Itatiaia foi a primeira área do país oficializada em unidade de conservação. Fundado em 1937, tem por objetivo preservar seu rico patrimônio ambiental.
Centro de Educação Ambiental - parte baixa do PNI

Além da paisagem exuberante, o parque possui um Centro de Visitantes composto por biblioteca, auditório, orquidário e Museu de Fauna e Flora, além do Núcleo de Educação Ambiental, que desenvolve diversos projetos, como o musical multimídia VerdeSom. O museu dispõe de um grande acervo de espécies de frutos e flores, peças preparadas de animais (répteis, aves e mamíferos) e uma intrigante coleção de insetos e aracnídeos. 
Entrada da parte alta do PNI - Posto Avançado das Agulhas Negras

Com um relevo montanhoso e de encostas íngremes, o parque é uma boa pedida para os amantes do trekking (caminhada ecológica) e de escalada. O ponto mais alto é o pico das Agulhas Negras, com 2.791 metros. Os outros desafios são a serra do Maromba, com 2607 metros, a serra das Prateleiras, com 2.540, o pico Dois Irmãos, com 2.500 e pedra Cabeça do Leão, com 2.408.

Nossa visita oficial ao PNI abriu novas portas para os alunos dos cursos de Biologia e Gestão Ambiental do Instituto Federal de São Paulo. Em breve os futuros biólogos e gestores ambientais aprenderão muito nesse lugar incrível.

Vista do Maciço das Agulhas Negras a partir da trilha na altitude de 2550mts.

Um comentário:

Anna Carolina Salgado Jardim disse...

Costumo dizer que estando no Itatiaia estamos no céu!!!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...